Lucros de Bwin aumentam em 2010

Andreia Salvador Mar 27 2011:
Lucros de Bwin aumentam em 2010

O mais recente relatório de Bwin acaba de sair. Trata-se do relatório anual da empresa e os resultados são bastante positivos.

O crescimento nos lucros na ordem os 15,2% traduz-se em 514.5 milhões de Euros provenientes do jogo online. De todas as secções que Bwin disponibiliza aos seus clientes, a área das apostas online é a secção que mais interesse desperta (destaque natural para as apostas no futebol).

Esta é sem dúvida a área que continua a empurrar a Bwin para a frente do mercado. Assim, não é de estranhar que os responsáveis da Bwin reforcem cada vez mais a sua ideia de consolidar a associação com alguns dos melhores clubes da Europa (ex: Real Madrid).

Sobre este assunto os responsáveis de Bwin opinam: “A marca Bwin é já sinónimo de desporto e tudo graças ao patrocínio de algumas das melhores equipas no mundo como é o caso do Real Madrid e Bayern de Munique.

São parcerias com grandes clubes e com as Ligas Profissionais de futebol de Itália e Portugal que mostram o nosso compromisso para com futebol de alto nível.” Mas não só de apostas desportivas vive a Bwin, o vasto leque de ofertas apresenta igualmente jogos de casino.

De qualquer modo, a vertente do poker online continua a causar sensação! Os dados mostram um aumento de 17.4% em 2010. O aumento traduz-se em 139.5 milhões de Euros; uma subida considerável quando comparada os 118.8 milhões de Euros obtidos um ano antes.

Estes resultados no poker podem-se explicar em grande parte devido à presença da empresa em França e Itália. Estes dois países representam uma grande fatia dos seus utilizadores mais fiéis na área do poker.

Em Itália os números falam em cerca de 5 milhões de utilizadores e em França a Bwin é actualmente um dos fornecedores de topo para o poker online.

De qualquer modo, seja no poker online, nos jogos de casino ou nas apostas online, Bwin mostra-se como uma empresa para o futuro com números e percentagens que desafiam até os mais cépticos no mercado.