Jogos online mais populares do que Facebook

É um facto que o Facebook domina actualmente grande parte das notícias e até já do mundo do cinema; em qualquer lado que se vá, só se ouve falar do Facebook.

No entanto, nem todos são aficionados da famosa rede social.

No Reino Unido, um estudo promovido pela empresa Nielsen Media Research divulgou que os britânicos preferem os jogos online (apostas desportivas, poker, etc) ao famoso Facebook.

O estudo desenvolvido no ano transacto mostra claramente que 3,2 milhões de britânicos frequentaram sites de jogos online, notando-se ainda um notável crescimento de 40%, enquanto que “apenas” 2,2 milhões visitaram o Facebook, assim como outras redes sociais.

Numa análise mais detalhada, notou-se também que quase 50% dos jogadores online apresentam uma formação superior e pertencem a uma classe média/alta com salários anuais a ultrapassarem os 50 mil euros.

De salientar igualmente que 46% da população que prefere os jogos online são mulheres.

Perante estes resultados, Neil Betson da Nielsen Media Research, comentou: “Este grande crescimento das operadoras de jogo online nos últimos anos, foi estimulado por pessoas de ambos os sexos e de todas as idades, nomeadamente por homens de meia-idade, de famílias com um alto nível de escolaridade e um poder de compra acima da média.”

De qualquer modo, toda esta mudança na sociedade britânica tem impactos a vários níveis. Saliente-se o facto de que ao preferirem os casinos online, os britânicos têm ficado cada vez mais de fora dos habituais casinos terrestres.

O conforto de jogar no seu próprio lar os mesmos jogos que num casino tradicional, tem retirado milhares de jogadores e visitantes de ano para ano.