Relatório de Jogo Online Publicado

Relatório de Jogo 2.º trimestre 2018

O mercado do jogo online português tem registado uma evolução positiva, quer em termos de receita bruta como em número de novos jogadores, tendo-se verificado 103,4 mil registos novos. São estas as conclusões que podemos retirar do novo relatório disponibilizado pelo SRIJ sobre a atividade do jogo online em Portugal durante o 2º trimestre de 2018.

Mais entidades com licença outorgada

Parte deste crescimento está relacionado com o facto de terem passado de 5 para 8 as entidades autorizadas a operar legalmente nesta atividade, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Registou-se um valor de 37,3 milhões de euros em receita bruta, o que gerou um total de 16,9 milhões de euros só em impostos, valor este superior em cerca de 3,6 milhões de euros em relação ao período homólogo.

Desporto gerou mais receitas e apostas

No que toca à receita bruta, quase 55% do total foi originado pelas apostas desportivas, tendo-se registado um aumento de 6,6 milhões de euros de receita bruta. Este aumento foi mais notório durante o mês de junho, e está relacionado, como não poderia deixar de ser, com a excitação causada pelo campeonato mundial de futebol. Aliás, foi este o desporto que gerou o valor mais elevado de apostas, 74,4% de um total de 89,9 milhões de euros, ficando o ténis e o basquetebol em segundo e terceiro lugar, respetivamente.

Jogos de casino somam e seguem

Já os jogos de fortuna ou azar alcançaram no 2º trimestre de 2018 uma receita bruta de 16,8 milhões de euros, superior em 5,4 milhões de euros comparativamente ao período homólogo. Analisando a receita gerada em abril, maio e junho, não se verificam variações significativas, no entanto, é notório o crescimento gradual da receita de mês para mês. As apostas em jogos de máquinas, foram mais de metade (55,4%), ficando largamente à frente do segundo responsável principal pelas apostas, o popular jogo de póquer que atingiu 20,4% das receitas totais.

Tendo em consideração este crescimento, tanto em apostas desportivas como em jogos de casino, no número de licenças emitidas e novos registos de jogadores, podemos prever que esta tendência positiva se mantenha durante o próximo trimestre. Os números aqui apresentados não deixam dúvidas acerca do crescimento desta atividade em Portugal, e a respetiva adesão por parte dos jogadores portugueses.